Siga-me no Twitter

Entre e me adicione

Blog Cdor Heraldo Lage

Blog É Nóish Na Fita !
Meus Textos
Formatação: Fafa Lima
 

 

 ESSA MULHER ...
Cdor Heraldo Lage


Essa mulher pertence ao mundo
Que lhe dedica a sua residência
Detém dos poetas amor profundo
Somente por mostrar sua essência


Por detrás da tela de um computador
Ou onde quer que esse alguém esteja
Em seus textos, mesmo que não a veja
Notará sua estrela de grande esplendor


Em atração gera-se espontânea simbiose
Nasce uma sociedade perene, de ardor
Transformando, como em metamorfose
Dois, em Um Ser, Um só Corpo de Amor


Essa será a origem da nova simetria
Duas vidas, dois corpos se completem
Correspondendo-se como por Magia
Ao mútuo complemento que refletem


Se, provém da tela de um pc essa sorte
De poder trocar paixão e amor sem igual
Quiçá, um pc proporcionasse transporte
Juntos liberando delicioso instinto animal


Mulher que flutua em tantos corações
Dos humildes e até dos mais abastados
Causadora de tantas grandes emoções
Seus versos formam seres apaixonados


Se nem ao menos puder ela entender
Que tantos amores versando provoca
Por tão humilde em sua maneira de ser
Ao doar seu amor, o sofrimento sufoca


Um vórtice quer dizer, redemoinho
Bem representa essa mulher furacão
Que até virtualmente cria seu ninho
Onde viverá seu amor, atual embrião


O poeta, como louco por ver acontecer
A magia dessa história que à si avoca
Quer ao lado da musa-poetisa amanhecer
Esquece dificuldades que a vida coloca
Não importa quanto dure, a quer merecer


Tomá-la em seus braços, fortemente
Como Sua, musa pelo êxtase iminente
E em movimentos lentos ou velozmente
Possuí-la, plena, ainda que virtualmente


A mulher que tanto ama
Que tão bem completa o seu inverso
Que tanto por amor clama
Essa musa pertence ao Universo!


Pertence aos Deuses e todos os mitos
Se ainda assim, um só homem desejar
Para praticar do amor todos os ritos
Seus desejos haverão de se realizar


Será possuída de todas as formas
Sem pudores, regras ou normas
Por todos os poros delirando suará
Entregando-se, plenamente gozará


Mulher que a tantos ama também é sua
Ama deuses, santos, anjos, mas adora
O homem que ao seu lado detém agora
Ainda que ele possua o Destino da Lua.


Heraldo Lage
Amigos Verso & Prosa
http://www.hlage.com.br
Em 25/08/2002 – 00:49 h