Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
 
Meus
Convidados
 
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 

Meus Convidados
Home :: Meus Textos :: Cap Shock :: Downloads
     
     
Poetas: Eneida L. Lemos (10/12/2005) e Patty Ortiz (13/12/2005)
     
Textos: Tua Ausência... Minha Doença e Ausência... Minha Loucura
     
Tua Ausência... Minha Doença

Tua ausência tornou-se a minha doença,
Ocasionada pela dor que sinto
e que não tem cura ...
Como sobreviver, a esta tortura?
De uma vida sem motivação,
Já que te perdi, e junto levaste meu coração.
Doença de alma perdida, é tudo o tenho agora,
Sem saber onde achar a cura para tamanha dor.
Veja !
Olhe bem onde me colocaste...
num imenso labirinto vazio,
Onde nada se tem a não ser recordação...
Falta tudo aqui, carinho, amor, felicidade,
Um mundo onde só se sente saudades...
Porque não consigo te matar dentro de mim?
Para curar esta dor, me libertar  e sobreviver...
Tento todos os dias matar você aqui,
bem dentro de minha alma,
Mas a cada dia que passa,
só consigo  matar a mim mesma.
Já que tua ausência é a minha doença ...
E  este amor que sinto por você,
me destrói aos poucos,
Em cada lagrima derramada...
como se fosse uma facada...
Profunda em meu peito, fazendo ele sangrar,
e me fazendo chorar.
Este sentimento esta me destruindo,
e eu não sei o que fazer,
Onde procurar paz, onde achar prazer,
se tudo que toco me lembra nós dois...
Luto para reverter este amor em ódio...
e tudo que consigo é te amar ainda mais.
Onde achar a cura para tanto sofrer,
já que o único remédio é você?
Ironia do destino!
Felicidade , alegria, angustia  e dor,
Juntas em um único remédio...que cura,
mas que também mata...
O meu  amor.

Eneida L Lemos
(10/12/2005)
 

***
 

Ausência ...  Minha Loucura
 
Ausência para quem ama
é dor que dilacera o peito
É chaga que não tem cura
Deixa marcas até  em nossos princípios vitais
Se torna tortura que vira loucura
Obsessão, pesadelo, apatia e aflição
Busca constante que nunca acaba
É  ver o que não existe;  
ter idéias e pensamentos mágicos
É buscar nas lembranças o acalanto para a dor
É conhecer na verdade
o quanto pode machucar o amor
È um desejo tão forte de acordar de um pesadelo
Poder encontrar você, saber que não se está louca
 E que  se existe loucura
essa loucura  se chama entrega
Essa loucura se chama AMOR .

Patty Ortiz
13/12/2005
Assinar Livro de Visitas - Novo Ver Livro de Visitas - Antigo
 


 


 

Visitante Nº
Contador de visitas
compteur de visite
Contador de visitas