Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados

 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados

 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 


Meus Convidados
Home :: Meus Textos :: Cap Shock :: Downloads
     
     
Poeta: Iracema Zanetti
     
Texto: Sonhando Com A Bailarina 
     

 

 

Parte I

 

Não sei se sou eu a pessoa certa

Para atender ao teu estridente help!

Conta-me o porquê de tanta tristeza?

 

Onde teu corpo, tua serenata de sonhos, arpejos?

Se tu perdeste teu corpo encontre-o...

E ligeiro saberás se é tarde ou cedo!

Não te coloque em leilão poeta lindo e faceiro!

 

Agito minha mão e supero o lance derradeiro...

Na batida do martelo te farei cativo eterno...!

Psiu... Olha... Sou eu...

A Bailarina do Teu Porta-Jóias!

 

Ah, vindo à noite... Nua eu bailarei para ti

Farei de tua tristeza o doce contraste

Chamado felicidade!

 

Se continuas com teu corpo perdido

O que hei de fazer?

Como haverás de me ver?

Não diga que fugi de ti...

Como poderia se te amo tanto?

 

Nada fizeste não merecias por castigo,

De teu corpo se perder!

Amado, peço-te... Encontra teu corpo...

Dobre à primeira curva do caminho...

Corra e caia em meus braços...

 

Estou em chamas a esperar teu indomável coração,

Gigante partido ao meio que parou de pulsar!

Ao me abraçar voltarás à vida em instantes

E sentirás teu peito novamente se agitar...

 

Transcende minha energia ao soar

Os acordes de teus gritos!

Meu amor é tão poderoso

Quanto circuitos eletrônicos atualizados.

Jamais te perderás se permaneceres em meus braços!

 

Não queres o amor que te ofereço?

Como contar com amigos sem rosto

Se nem dão conta de saber quem são?

Amigos sem rosto são utopias, de nada valerão!

 

Que poderes tu atribuis a esses amigos?

De qual forma irão eles repor sentimentos

Que faltam à tua alma?

 

Parte II

 

Amor acorda estás te debatendo,

Sonhas e falas com alguém em voz alta!

Acalma-te, tudo não passou de um pesadelo!

 

Com quem conversavas em teu sonho?

Quem é...

A Bailarina do Teu Porta-Jóias?

 

Ah, deuses, em sonhos caíste novamente?

Com quem sonhas agora?

Quem é tua Estrela Maior da qual tanto falas?

 

Não sou mais eu tua doce namorada?

Qual é o sentimento forte a que te referes...

E a que vírus não sucumbirão?

 

Não entendo mais nada!

O quê...? Lambido...

Foste lambido por alguém que não eu?

 

Não é mais o meu, o aroma que sentes

Na calada da noite...?

Que incertezas que sonhos

Que poesias são estas...?

Por quem clamas para ficar a teu lado?

 

Estás me pondo louca!

Acorda agora... E responda... Anda...!

Com quem estás novamente sonhando?

Outra vez... O mesmo sonho?

Quem é a Bailarina do teu Porta-Jóias?

 

Tentei ajudar-te com todo amor e desvelo

Ao ouvir teus gritos de apelo,

 Mas quem disse que consegui acordar-te

 Do malfadado pesadelo?

 

Ouça bem...

Só vou querer novamente teus beijos

Quando me confessares quem é

A Bailarina do Teu Porta-Jóias...!
 

 
Assinar Livro de Visitas - Novo Ver Livro de Visitas - Antigo
 


 


 

Visitante Nº