Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados

 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 
Meus
Convidados
 


 


 
 


 


 

Meus
Convidados

 


 


 


Meus Convidados
Home :: Meus Textos :: Cap Shock :: Downloads
     
     
COMO É SER POETA?!

Marillena Salete Ribeiro
dez/2002

Como é ser Poeta?!
Ser poeta é ter alma em tom violeta
É a própria palavra aceitação
Filósofo sonhador do coração
Herói, de toda a dor faz  canção
Descrever o lamento é o campeão

Como é ser poeta?!
Que tem alma violeta
Que da rima é o atleta
Ser poeta é sozinho compor o amor
Na luz do sol ou na sombra da noite
Segue compondo toda sua dor
Lágrimas de um coração sofrido
Mas no sonho sem fim segue luzido

Como é ser poeta?!
Que tem a alma violeta
Sua existência é a inspiração
É  coragem, solidão, renovação
Confidencia o momento na palavra
E a alegria também lavra

Como é ser poeta?!
Aquele que tem alma violeta
Em algum ponto da terra
E consigo faz guerra
Estará um poeta mergulhado
Compondo seu verso suado
Em silabas, letras e frases
Da composição que faz canção
Direcionado está para um coração

Como é ser poeta?!
Que tem a alma violeta
O tempo silencia para compor
E não é um observador
Silente seu poetar é o amor
Tudo é eternidade
Nada de brevidade

Como é ser poeta?!
Que tem a alma violeta
Aquele dos amores sofridos
Ardidos e até sufocados
Onde a poesia é a alforria
Flui encanto e até alegria
E nos versos deságua
Uma doce emoção, canção
Parida de um terno coração

Marillena S. Ribeiro
Videira/SC
Assinar Livro de Visitas - Novo Ver Livro de Visitas - Antigo
 


 


 

Visitante Nº
Contador de visitas
compteur de visite
Contador de visitas