Portal Cdor Heraldo Lage
HLAGE.COM.BR
Grupo Amigos Verso & Prosa

É NÓISH NA FITA !
POLÍTICA...
Conheça também o nosso Blog "É NÓISH NA FITA !"

Enviada por: Edmara

CONFRARIA DO RABO PRESO

Apocalipse e Epifania
 
Sônia van Dijck
 
 
Nessa sexta-feira, 18 de outubro (felizmente não foi 13... - e isso nos permite ter esperanças na decência) de 2005, foi fundada oficialmente a CONFRARIA DO RABO PRESO, cujo sagrado objetivo é que cada confrade proteja o rabo de palha do outro, para que não se queime na possibilidade de punição. Como algum integrante pode ter telhado de vidro, acordou-se que as pedras fossem recolhidas imediatamente.
Como ato inaugural, a Confraria ofereceu à República uma enorme pizza com sabor CPI do Mensalão.

 
Os principais articuladores do banquete de pizza serviram a iguaria aos brasileiros, entre gargalhadas e planos de alianças para as eleições de 2006.


O abade da Confraria do Rabo Preso ainda não sabe por qual partido vai se candidatar, para continuar representando a sagrada irmandade, e tudo indica que fará uma aliança ecumênica tipo Uma Mão Lava a Outra, com o projeto de, depois, lotear a República, em nome da governabilidade.


Como práticas rituais, foram definidas a demonização dos servidores públicos e, como comemoração suprema a espoliação dos inativos e pensionistas.


Como práticas de devoção penitencial, foram aclamadas todas as ações de sonegação fiscal decorrentes de remessa de dinheiro para o estrangeiro, repasse de grana via empréstimos bancários suspeitos, recurso ao habeas corpus para atrapalhar qualquer investigação, recebimento de contribuições em dinheiro vindas de países irmãos, generosas doações de carro importado ou em dinheiro para o caixa 2 de militantes e aliados, cobrança de propina de empresas encarregadas do lixo das comunidades governadas por membros da Confraria e de estatais dirigidas por confrades, esquecimento de todos os crimes praticados por antigos adversários julgados, em passado remoto, como hereges (desde que esses se tornem neo-aliados ou neófitos), habilidade em forjar acordos nos quais empresas prestadoras de serviços saibam emitir notas fiscais frias, celebrações festivas na companhia de putas em hotéis 5 estrelas, muitas viagens internacionais e outras tantas pelos Brasis, a fim de falar ao povinho incréu das verdades salvíficas do Fome Zero, do Bolsa Família e da Reforma Agrária, que nunca deverá ser feita, para que assim aumente o número de miseráveis devotos da Confraria.


Para a santificação de seus membros, a Confraria elegeu como virtudes a Mentira, a Dissimulação, a Hipocrisia, a Prepotência, o Discurso Superficial de Frases de Efeito e de Metáforas de Mau Gosto, o Autoritarismo (para que nem todas as virtudes sejam apenas do gênero feminino e, assim, as fêmeas famintas de fé não possam pecar por orgulho de gênero, até pelo fato de que há algumas confreiras fanáticas e dedicadas à nova via de salvação da pátria).


Para a Zeladoria-Mor da Confraria foi escolhido o estranho poder que atende por STF, de plantão 24 horas por dia (incluindo sábados, domingos e feriados), de modo a atender qualquer confrade em desesperada busca de apoio diante de acusações heréticas ou vulgarmente golpistas.


Como medida saneadora, a Confraria deixa claro que entregará às feras qualquer participante que tenha dificuldade em se defender de acusações dos hereges e golpistas, devendo esse ser imediatamente trocado por alguém de cara-de-pau irretocável, devidamente atestada por seu passado indiscutível.


A Confraria do Rabo Preso anuncia o ano de 2006 como ano da graça da falta de ética, portanto do apocalipse para a Democracia e da epifania da ditadura do populismo clientelista, quando, finalmente, pretende se instaurar no poder absoluto pelos próximos anos (quiçá séculos), podendo, então, distribuir de maneira igualitária todos os sacrifícios de juros estratosféricos, tarifas públicas absurdas, impostos altíssimos, desemprego, arrocho salarial sobre os servidores, massacre dos inativos, falência das políticas de saúde, educação, segurança pública e habitação, para que a estrela vermelha brilhe mais imponente nos jardins do Alvorada.

 
Laos Deo!
 
Chegamos ao estágio civilizatório da falta de escrúpulos!


PS: Repasse autorizadíssimo.
 
 
 

Página Principal

Old
Guest Book

Assine meu novo Livro de Visitas
Free Guestbook from Bravenet.com
Livro de Visitas
Antigo