Portal Cdor Heraldo Lage
HLAGE.COM.BR
Grupo Amigos Verso & Prosa


É NÓISH NA FITA !
POLÍTICA...
Conheça também o nosso Blog "É NÓISH NA FITA !"

 

Enviada por: Graça
 

JOSE DIRCEU MERECIA SER CASSADO
Em: 02/12/2005

 

 

José Dirceu merecia ser cassado

Luciana Genro é líder da bancada do PSOL na Câmara dos Deputados

Foi uma situação paradoxal. Quando nós — eu, os deputados Babá e João Fontes e a senadora Heloísa Helena — fomos expulsos do PT o partido precisava da nossa expulsão para dar uma satisfação aos mercados e ao capital financeiro de que tinha feito sua transição e efetivamente passado para o outro lado. Tinha que nos usar para dar o exemplo aos outros e calar as vozes dissonantes.

Agora, o mesmo PT que nos expulsou sob o comando de Dirceu, precisava expulsar o deputado José Dirceu. Precisava usá-lo como bode expiatório para aliviar a pressão sobre o partido e principalmente para livrar a cara de Lula. Não é à-toa que o Governo não mobilizou sua tropa de choque, não acionou o balcão de negócios, e que o Presidente deu sua cassação como certa em entrevista à televisão.

Mas também a Câmara precisava da cassação do deputado José Dirceu. Precisava para livrar a cara de muitos deputados que estiveram envolvidos no mensalão e para dar uma satisfação à opinião pública do País. Mas isso não significa que o deputado José Dirceu não merecesse ser cassado. Mereceu porque foi o responsável pelas tramóias, pelas manobras, pelas atitudes indecorosas cometidas por esse Governo no verdadeiro balcão de negócios que montou com o Congresso Nacional.

O Deputado José Dirceu foi sim o operador do mensalão, não tenho nenhuma dúvida disso. Nada que esse Governo fez deixava de passar pelas mãos dele. Todos sabem disso. Mas também não deixava de passar pelas mãos do Presidente Lula, que deveria ser acionado por crime de responsabilidade.

Mas confesso a todos que me senti um pouco desconfortável por ver o deputado José Dirceu sentado no mesmo banco dos réus de José Janene, José Borba, Bispo Rodrigues e tantos outros que há anos saqueiam os cofres públicos em benefício próprio. Mas a verdade é que foi ele quem escolheu essas companhias, foi ele quem escolheu governar junto com essas gangues que há anos e anos fazem do Estado Brasileiro um instrumento dos seus interesses particulares e políticos.

Portanto, o deputado José Dirceu foi vítima da própria operação política que fez com o PT. Ele, junto com Lula e o Campo Majoritário, transformaram o PT de tal forma que, hoje, seu principal líder foi cassado por corrupção, vários deputados provavelmente também o serão, seu ministro da fazenda está envolto em um lamaçal profundo e o presidente da república sob suspeita.

O deputado José Dirceu foi um dos responsáveis pela operação política que transformou o PT no seu contrário. E o PT, que lutou 20 anos para convencer o povo brasileiro de que era diferente dos outros partidos, hoje, para salvar a própria pele, luta para dizer que é apenas igual a todos os outros, e não pior. Essa é a tragédia do PT, essa é a tragédia do deputado José Dirceu.

Ele não agiu, provavelmente, de forma muito diferente do que muitos outros dirigentes do governo Fernando Henrique Cardoso, e que ele próprio denunciava, traficando influência, fazendo chantagens, usando o dinheiro público para interesses partidários ou pessoais, oferecendo cargos, recursos e liberação de verbas para parlamentares em troca de apoio. A diferença é que a briga no balcão de negócios fez a sujeira vir à tona.

Mas, o principal líder do PT agir dessa maneira é ainda mais grave, pois o partido nasceu e cresceu denunciando a corrupção e afirmando ser diferente. Por isso José Dirceu merecia ser cassado.

Confesso que, ainda assim, eu preferia, ao invés de votar a cassação de José Dirceu, que pudessemos oferecer ao povo brasileiro a possibilidade de um plebiscito para que a nação dissesse se o conjunto do Parlamento e do governo ainda merece sua confiança. Um plebiscito revogatório aos moldes da Venezuela para que o povo desse o seu veredito sobre toda a instituição. Este seria um processo verdadeiramente democrático.
Como esta possibilidade não está colocada, nós do PSOL vamos continuar lutando para que todos os envolvidos, inclusive os que estão sendo protegidos por setores da oposição, como o ministro Palocci, o senador Eduardo Azeredo e o presidente Lula, também se sentem no banco dos réus.

Luciana Genro é líder da bancada do PSOL na Câmara dos Deputados

******************************************************************************************************

Em outra oportunidade, a Deputada Luciana Genro (PSOL) durante o programa “Fora do Ar” do SBT, no dia 17 de agosto de 2005 declarou que em 2001 Lula havia chantageado o Partido dos Trabalhadores (PT) para concorrer as eleições de 2002 quando impôs  que somente concorreria à presidência da República se o partido fizesse uma campanha de “primeira linha”, pois ele não queria perder mais uma vez.  Que o PT fizesse as alianças políticas que fossem necessárias para ficar imbatível, que arranjasse o dinheiro que fosse preciso, de qualquer jeito,  e que lhe conseguisse um bom marketeiro. Que o PT poderia fazer o que fosse necessário para ele ganhar a eleição. Que só assim concordaria em ser candidato”.  Segundo ainda a deputada a compra do apoio político do PL, naquela época, foi feita pelo PT por imposição de Lula. Que o Deputado José Dirceu como Presidente do PT participou de todos os acertos que levaram Lula a presidência da República

 

 

 

Página Principal

Old
Guest Book

Assine meu novo Livro de Visitas
Free Guestbook from Bravenet.com
Livro de Visitas
Antigo