Portal Cdor Heraldo Lage
HLAGE.COM.BR
Grupo Amigos Verso & Prosa

NOSSA HOMENAGEM AO GRUPO GUARARAPES !
COORDENADOR GEN TORRES DE MELO
NOSSA HOMENAGEM ÀS FORÇAS ARMADAS DO BRASIL !

É NÓISH NA FITA !

GRUPO GUARARAPES

TEMOS POLÍTICOS ? DE QUE SEPA ?
Enviado por: Gen Torres de Melo

 

            Algum brasileiro consciente ainda acredita em políticos brasileiros? Na ocasião da implantação das CPIs investigativas, houve como que um grande suspiro coletivo de alívio, pois PARECIA que finalmente algumas “excelências” haviam tido um ATAQUE DE DECÊNCIA. Com o aparecimento de GRAVES denúncias, documentos estourando aqui e acolá mostrando que vários ÍNCLITOS e PROBOS parlamentares, principalmente do até então inatacável PT, comportavam-se de maneira nada ética, a opinião pública tomou um alento, pois parecia que desta vez a Caixa de Pandora iria ser aberta.

            Mas, com as diversas veredas e becos que a Constituição BRASILEIRA e os Regimentos das Casas do Congresso oferecem para os mal intencionados usarem ao seu bel prazer, as CPIs foram perdendo sua força e finalidade. Houve mesmo por breve tempo, uma leve esperança que, naquele “mundo subterrâneo do Planalto”, houvesse parlamentares que “ás vezes” subissem à luz do dia para clarear suas mentes, respirar ar puro que lhes desse algum bafejo de probidade.

            Com o decorrer das sessões e depoimentos - os mais desavergonhados que se possa imaginar -, foi ficando claro, sem dúvidas nenhumas que nas atapetadas salas dos plenários  do Congresso, o que funciona MESMO é uma grande PIZZARIA e os que ali “trabalham” são na realidade excelentes PIZZAIOLOS. Ficamos sabendo também, que ali funciona a melhor e maior INSTITUIÇÃO ILEGAL pagadora de super salários.

            As mentirosas e circenses estratégicas cassações dos deputados Roberto Jefferson e José Dirceu (vulgo Zé Caroço), foram um bem montado estratagema para desviar a atenção do povo para o que estava já pré-resolvido. Cassado Dirceu, a consternação corporativista alertou os até então “tidos como honestos”, que despertaram  preocupados com o “bom nome da Casa, não hesitaram em tirar a máscara e dar quorum para perdoar um já réu confesso, “inocente útil” do MENSALINHO,  MENSALÃO, SEMANÃO e outros crimes de lesa-pátria cometidos contra o dinheiro público, o ÍNCLITO deputado Romeu Queiroz, de Minas Gerais. Fortaleza, para não ficar atrás,  apoteoticamente inocentou o irmão do deputado José Genoíno, José Guimarães, o destinatário do dinheiro da cueca.

             Alguém pode perguntar o que levou os parlamentares a votarem a favor de réus comprovadamente culpados. Por vezes, tinha-se a impressão de que estávamos a apenas alguns passos da hombridade, ética e transparência no Congresso. Ledo engano. A possibilidade de inclusão de seus nomes na lista de mensalistas ilegais, levou o número necessário de “probos” parlamentares a votarem na inocência de sabidos ladrões do dinheiro público.

            Diante do que vimos, o que não farão para votar TUDO o que interessar ao Executivo, visando a já previamente lançada  reeleição do atual presidente? Se a Constituição Brasileira e, os princípios do Decoro Parlamentar são esquecidos ou alterados para se ajustarem a interesses?. Quando teremos POLÍTICOS DE SEPA imune a carunchos?

 

                        Glacy Cassou Domingues.

                        Fort. 21/ 12/ 2005-12-22

                        agadomingues@fortalnet.com.br

 

Página Principal

Old
Guest Book

Assine meu novo Livro de Visitas
Livro de Visitas
Antigo