Portal Cdor Heraldo Lage
HLAGE.COM
Grupo Amigos Verso & Prosa

É NÓISH NA FITA !
Conheça também o nosso Blog "É NÓISH NA FITA !"


Enviada por: É NÓISH NA FITA !

.

HOMENS ARMADOS TENTAM INVADIR
EXERCITO EM PARANHOS
Em 29/11/2005

 


Nota minha: Ate que ponto deveremos chegar para que
alguma ATITUDE de verdade seja tomada ?
Cdor Heraldo Lage


Do site Campo Grande News:

Homens armados tentam invadir Exército em Paranhos
Terça-feira, 29 de Novembro de 2005 10:49
Inara Silva

 

O quartel do Exército de Paranhos, município localizado a 470 km de Campo Grande, sofreu tentativa de invasão na madrugada de hoje. Conforme a Polícia Civil, cinco homens armados, possivelmente paraguaios, chegaram ao local em uma caminhonete e em duas motocicletas e tentaram invadir o prédio. Houve resistência e tiroteio entre os militares e os invasores.

O delegado de Tacuru, Paulo Henrique Sá, que é responsável pela área disse ao Campo Grande News que o boletim de ocorrências foi registrado nesta manhã e deverá ser encaminhado para a Polícia Federal. O caso ocorreu por volta das 1h30 e, após a resistência dos militares, os bandidos fugiram. Ninguém ficou ferido.


Outra notícia:

 
População de Paranhos apavorada com ação contra Exército
Terça-feira, 29 de Novembro de 2005 12:20
Inara Silva

 

Os moradores de Paranhos estão apavorados com o clima de insegurança que se instalou no município, que é localizado a 470 km de Campo Grande, na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. É que na madrugada de hoje um grupo de cinco homens, possivelmente, paraguaios tentou invadir o quartel do Exército do município. Eles chegaram em uma caminhonete e duas motocicletas, mas foram contidos pelos militares. Houve tiroteio e as pessoas estão assustadas. Um dos moradores disse que o Exército era a única referência de segurança do município, que convive constantemente coma a ação de traficantes paraguaios. A insegurança é tanta na cidade que, em épocas de maior ocorrência de furtos, as motocicletas novas são deixadas no quartel do Exército. Os moradores dizem que os traficantes paraguaios já chegaram a fechar estabelecimentos comerciais da cidade. Recentemente, uma ação deles atentou contra a casa vizinha a do prefeito Dirceu Betoni na área central da cidade.

A questão de segurança pública na fronteira tem mobilizado às autoridades municipais, tanto que o prefeito já esteve em Campo Grande em busca de ajuda da Secretaria de Estado de Segurança e tudo o que conseguiu foi o reforço de mais dois policiais. O município tem uma delegacia da Polícia Civil e apenas uma viatura, do ano de 1996. Não há delegado na cidade e os crimes ocorridos em Paranhos são registrados na cidade de Tacuru, município também na fronteira com o Paraguai. O efetivo policial é de seis homens, sendo quatro policiais militares e dois civis. No entanto, a fronteira seca dispõe de 140 km de estradas que dão acesso ao Paraguai e a população, de 10 mil habitantes, chega a 16 mil em função do trânsito de paraguaios na região.
O tiroteio durante a madrugada foi ouvido até 12 quadras de distância do quartel e a boataria toma conta da cidade. Há quem diga que os homens que tentaram invadir o Exército usavam armas de calibre pesado. Informação que não foi confirmada pelo delegado de Tacuru, Paulo Henrique Sá. O delegado afirmou que o boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil mas o caso vai ser encaminhado para a Polícia Federal, já que o crime envolveu uma instituição federal.

 
 

Página Principal

Old
Guest Book

Assine meu novo Livro de Visitas
Free Guestbook from Bravenet.com
Livro de Visitas
Antigo